Resident Evil 8: novo jogo da maior franquia da CAPCOM começa a ganhar forma

Rumores começaram a vazar durante essa semana sobre a produção, estilo e forma de gameplay do novo game da franquia Resident Evil. De acordo com as informações passadas pela Eurogamer o game seguirá o mesmo padrão do game anterior.

Após o sucesso da modificação do gameplay da franquia de segunda para primeira pessoa, a CAPCOM pretende manter esse estilo. Com isso, trouxe de volta toda aquela sensação de terror que há muito fazia falta dentro de seus jogos. Além disso, foi publicado que o personagem Ethan estará de volta no jogo juntamente com Chris Redfield (um dos queridinhos da saga) e tudo se passará na Europa, trazendo ambientes rurais como vilarejos, castelos e montanhas.

Uma grande mudança também ocorrerá com os inimigos, ao invés dos monstros de mais variados tipos e esquisitos de RE7, estarão de volta os responsáveis por todo o charme do jogo: os zumbis. Contando também com algo como uma aparição que seguirá o personagem durante sua jornada e alguns animais possivelmente com mutações, como lobos e criaturas do tipo.

Ainda sem data de lançamento confirmada pela produtora, tudo o que temos são vazamentos de empresas muito próximas a CAPCOM que compartilharam tais informações. Agora só nos resta aguardar e torcer pelo belo trabalho que será RE8 e nos deliciar com os incríveis remakes que estão saindo.

Nascido no ES, cresci acompanhando a evolução dos consoles nesses meus 26 anos de vida, entre locadoras, lan houses e fliperamas minha infância e adolescência teve uma grande parte dedicada aos games num modo geral. Minhas primeiras memórias com o mundo dos games começam com o Super Nintendo, anos muito bons e jogos muito divertidos. Posteriormente com o Nintendo 64, e junto com eles todas as possibilidades que um console para quatro jogadores podia proporcionar, foi muito tempo dedicado a 007 Golden Eye com a galera da rua (kk) e muitos outros jogos excelentes da plataforma. Passei pelo Playstation que foi uma experiência incrível, com Syphon Filter, Crash, Driver e tantos outros. Em seguida com o Playstation 2 lá se vão mais alguns anos de vida aproveitando e se divertindo muito com os mais variados tipos de jogos. Aos 15 trabalhei e comprei meu Xbox 360, e como eu aproveitei essa geração jovens, foram os 7 anos da geração jogando intensa e frequentemente (pena que era desbloqueado e não cadastrado na Live, senão hoje eu teria uma baita conta). Atualmente, desde 2014 venho me divertindo e aprendendo com meu PS4, hoje infelizmente a gente vê os jogos sendo cada vez mais mastigados e fáceis para abraçar o maior público possível, coisa que não era tão comum no passado. Hoje com a rotina de faculdade e trabalho o ritmo infelizmente precisou ser reduzido mas tenho aprendido muito ainda e cada vez mais esperto com a EA e a Bethesda (k), aproveitem meus singelos e humildes artigos e não adquiram produtos em pré venda das empresas supracitadas.
Ainda não há comentários! Seja o primeiro a comentar.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *